Reajuste salarial esbarra nos índices inflacionários

Posted by Domingos Santiago On 0 comentários
Reajuste salarial esbarra nos índices inflacionários

Os preços nos supermercados, dos transportes, do aluguel estão mais altos.  Em contraponto, os acordos salariais apresentaram resultados inferiores quando comparado comparados ao primeiro semestre de 2010. Falar em inflação parece dar calafrios, mas é isto que agitou o mercado brasileiro nos últimos meses. O índice aumentou acima da meta do governo – nada comparado aos momentos difíceis do início da década de 90 em que os índices chegaram a 764%, porém já põe em cheque a nossa economia que pareceu tomar novos rumos nos últimos anos.
O aumento dos preços tem sido resultado do aumento inflacionário dos últimos anos. O Brasil lidou recentemente com a alta inflação e este fantasma parece estar muito distante da realidade econômica atual, mas vem provocando alta nos preços. Já o salário do trabalhador parece tomar um caminho diferente do que tomou a inflação. Os reajustes salariais têm sido inferior à proporção do aumento da inflação, mas este tem sido ajustado acima do resultado inflacionário.
Apesar deste reajuste ser superior à inflação, a instabilidade econômica sempre foi a maior vilã para os trabalhadores. O poder de compra diminui em consequência do aumento dos preços e do baixo reajuste salarial. A renda do trabalhador fica cada vez mais comprometida, pois a cada dia os preços de bens e serviços são elevados.  No final do mês o trabalhador ainda se decepciona com o valor depositado em relação à extensa jornada de trabalho.
Por tudo isso, entende-se que a discrepante desproporcionalidade entre aumento dos preços e reajuste salarial resulta em menor poder de compra do trabalhador. Ir ao mercado e voltar para casa com o carrinho mais vazio deixa inconformado qualquer trabalhador que pensava nunca mais viver momentos econômicos difíceis. E espera-se do governo ações responsáveis que possam melhorar as condições dignas de trabalho e principalmente que os reajustes salariais possam ser compatíveis às suas jornadas e a responsabilidade fiscal, que impeçam o aumento abusivo de preços.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião sobre meu blog. Seu comentário é muito importante.